quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Professor expressa indignação contra abandono de escola pela Polícia

Em e-mail enviado ao blog, o professor Dalton Souza se posiciona com relação à segurança na E.E. Edgar Francisco e na região onde a unidade está instalada: 

Bom dia, Já é público o caos que nas últimas semanas se tornou a porta da escola E E Edgard Francisco, professores, alunos, funcionários e os próprios moradores do entorno da escola que fica no Jd. Guaciara, não suportam mais o grande descaso com que o poder público trata a Comunidade, o roubo e a violência em geral se tornaram parte da rotina da entrada e saída dos alunos. O sentimento de abandono foi total. Devido a grande pressão da Comunidade sobre a direção escolar, a mesma chamou uma reunião para esclarecer a comunidade das providências que vinha tomando. Assim, no dia 4 de setembro mais de 250 pessoas lotaram a escola para expressar sua indignação perante esse abandono e não ficou só na reclamação, a comunidade decidiu que chamaria a atenção para o seu problema por maio de um ato púbico e aprovou que fará uma caminhada da porta da escola até a praça Luis Gonzaga, paralisando a Est. Kizaemon Takeuti. Sabemos que o problema da segurança é só a ponta do iceberg, que a criminalidade que ronda a porta da escola Edgard Francisco uma hora migrará para outro local, mas que as condições que tornaram a Comunidade atrativa para a bandidagem continuarão lá. Numa época de eleições em que vemos todos os candidatos prometendo o céu e a terra a Comunidade do Jd. Guaciara vai ás ruas demonstrar que o único caminho para conquistarmos o que nos interessa é a mobilização popular.Convidamos todo a população taboanense a comparecer ao ATO Contra o Descaso que partirá da rua Natanael Cesar, 84 às 16:00h. 
Atenciosamente, Dalton - professor e membro do Comitê Organizador     

8 comentários:

DIÓGENES NOGUEIRA disse...

E VEM NOS VENDER O METRÔ PARA 2014...SEGURANÇA,SAÚDE E EDUCAÇÃO,NADA...

Ariel Souza disse...

A solução é essa mesmo, mobilização popular.Conversei com 3 candidatos a vereador, perguntei por que utilizam carros de som.Eles disseram que a populçao não pensa e votam de tanto ouvir a música.Essa é a imagem que tem de nós.

Professores, a população está com a falsa impressão que a solução é aumentar o policiamento,dê imediato é, mas, na verdade, essa situação é por conta do sucateamento da educação,acabaram com o ensino publico no país, agora colhem os frutos.O país está formando marginais, os jovens não tem mais referências à não ser os exemplos dos políticos corruptos e do status que tráfico dá.

A questão é nacional, é educação.

O governo seja lá qual for, só vai perceber isso quando deixarem de receber investimentos de empresas e investimentos internacionais por conta de segurança publica, quando o banco mundial parar de disponibilizar verbas,ninguém investe em lugares aonde não aja segurança, o México serve como exemplo.
Quem me conhece sabe que estou profundamente desanimado com essa situação que é causada pelos políticos.
O que me move ainda são os conhecimentos de física e astrofísica que sempre dou um jeito de ensinar para os jovens daqui de onde moro, política tbm.
Os adolescentes se sentem valorizados, o conhecimento tras novos horizontes à eles,ficam motivados e voltam à estudar para aprender de verdade.
Fica o meu registro de repúdio. Por conta de dinheiro, pessoas morrem nos hospitais de Taboão da Serra e do Brasil, estão acabando com uma nação potencialmente poderoza.Deixem de ser mediocres senhores políticos.

Quando encontrar vocês na rua, vou continuar fazendo as perguntas pertinentes que vocês não sabem responder e detestam ouvir pq sabem que vão falar besteira como sempre.

Colecionador de Pedras disse...

Revolta!

As Escolas públicas estão parecendo privadas.

Sergio Vaz

Anônimo disse...

O que revolta nesta cidade é que ronda escolar da GCM e nem da polícia militar funciona como deveria. Não existe no período diurno e nem no noturno. Falo com certeza, pois, somente vemos viaturas em avenidas centrais da cidade, nos bolsões de pobreza ninguém aparece e a bandidagem toma conta. Vou escrever para o secretário de segurança pública e ao governador.

Anônimo disse...

A culpa é dos políticos locais que somente pensam que inaugurar quadras e ginásios, sempre construidos em parceria com construtoras picaretas resolvem a situação. Precisamos ter lazer (de verdade), cultura, educação e honestidade na política para termos uma sociedade que se pode viver em paz. Falta política pública realmente voltada ao jovem, que não temos na cidade, somente Jopec (de mentirinha) e blá, blá, blá não resolve nada.

Professor Bernardo disse...

O pior que esta insegurança ocorre há muito tempo, há 6 anos atrás a escola foi alvo de um assalto, onde o zelador foi mantido como refém. Quem trabalha na educação em qualquer lugar do Estado sente na pele isso.

Anônimo disse...

SE FOSSE A EDUCAÇAO ABONDONA TARIA BOM TD AKI TA ABONDONADO!!!

Anônimo disse...

Nossos ótimos vereadores já aprovaram um requerimento solicitando reforço ( se é que existe alguma ronda) na ronda municipal próximo ao colégio. Os nobres e preocupados políticos conseguiram arrumar o planeta com essa medida.