terça-feira, 16 de outubro de 2012

Leucemia mata taboanense ilustre da internet

Reproduzido do Jornal de Itupeva
Luiz Carlos Izzo

Fotos: Reproduções da internet
O nome verdadeiro dele era Nilson Carro Júnior, tinha 42 anos e era pai de 4 filhos, mas ficou muito popular com o apelido de “Elder Carinhoso”.
Morador de Taboão da Serra, Elder sempre se apresentava em praça pública e também como um maluco na internet, e não perdia a oportunidade de fazer críticas pesadas contra a religião que seguiu por 15 anos.
Escritor, músico, repórter comunitário e aprendiz de ator, Nilson Carro Júnior escreveu o livro “Orgias em Utah”, livro que relatava experiências consideradas racistas de sua antiga religião.
Sempre bem acompanhado por sua webcam,
em sua casa, Elder posava ao lado de mulheres consideradas (por ele) como ‘boasudas’ e não perdia a oportunidade de postar os vídeos polêmicos e sensuais, em inúmeros sites pornográficos.
Possuía um acervo pessoal de mais de 200 vídeos caseiros, sendo grande parte ainda podem ser encontrados na rede. Muito polêmico e sempre se apresentando com uma pesada marreta em suas mãos, Elder Carinhoso afirmava que possuía “poderes mulherísticos”, o que o ajudava a atrair mulheres. Participou de um filme carnavalesco pornográfico, produzido pelas Brasileirinhas, e apareceu no programa “Jornal Nacional”, em 10 de outubro de 2008, tocando piano em praça pública.
Como repórter comunitário, fez vídeos que relatavam problemas da cidade em que morava, Taboão da Serra, atribuindo a ele próprio o título de “fiscal do povo”. Nilson foi severamente criticado e até ameaçado de morte, pelas críticas que fazia e denúncias que apresentava.
Foi acusado de ser gay, traficante de drogas e até cafetão,
que é o agenciador de garotas de programas. Polêmico, Elder Carinhoso afirmava que assistiu a morte de seu pai, que se enforcou. Movido por “um espírito maligno”, ele chegou a pensar em fazer o mesmo que seu pai.
Após ter conquistado popularidade na internet, Elder Carinhoso recebeu, em 2009, a visita do jornalista Luiz Carlos Izzo, do Jornal de Itupeva, que foi até Taboão da Serra e gravou uma entrevista com a ilustre personalidade.
Há alguns anos, Nilson Carro Júnior lutava contra leucemia, doença maligna que atinge os glóbulos brancos, que o derrubou. Venceu a deslumbrante alegria, sempre esbanjada por “Elder Carinhoso”, tendo apagado o aberto sorriso de seu rosto.
As cortinas se fecharam e o show de ‘Elder Carinhoso’ terminou.
Entre a plateia, os quatro filhos e muitos amigos, que foram privados, precocemente, do abraço humilde e estonteante irreverência. 
Vá em paz, amigo!!

Vídeo de Elder Carinhoso sobre relaxo da Prefeitura de Taboão da Serra no bairro Vila Indiana:

6 comentários:

Anônimo disse...

Caralho isso é verdade???,eu conversava com ele na net,que triste,não to acreditando.

Julia Carro disse...

Ele e meu pai e morreu sim

Ítalo Supertramps disse...

oi Julia. Eu era amigo do Nilson, até agora não tenho muita certeza sobre o ocorrido... vocÊ tem facebook? o meu é Italo Supertramps. Gostaria de confirmar o fato :T

Ricardo Garofalotramontina disse...

olá julia você tem facebook? ou email? gostaria de saber se ele morreu mesmo eu li o livro dele orgias em utah e estou relendo é uma pena, mesmo!

Ricardo Garofalotramontina disse...

olá gostaria de saber se ele morreu mesmo ou não eu li seu livro orgias em utah e estou relendo é uma pena e ele tinha quantos anos quando morreu eu agradeço e peso mais informações?

Unknown disse...

Tenho um amigo no face que está usando as fotos do Elder e se passando por ele.