sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Prefeitura impede manifestantes de usarem energia elétrica em protesto

Foto: Ana Paula Timóteo
Nova mobilização acontecerá neste sábado, na região do Pirajuçara

A organização do ato público em repúdio ao aumento da tarifa de ônibus não conseguiu ligar sua aparelhagem de som na rede de energia elétrica da Praça Nicola Vivilechio, na tarde desta sexta-feira dia 6 de janeiro. A manifestação teve início às 16 horas, e foi convocada por jovens na rede social Facebook.
A Guarda Civil Municipal impediu a instalação do som, alegando que não foi feita solicitação formal à Prefeitura de Taboão da Serra.
Foto: Ana Paula Timóteo
“Foi um expediente burocrático vergonhoso e covarde”, critica José Afonso da Silva, do Sindicato dos Professores (APEOESP).
A Guarda Civil Municipal impediu a instalação do som, alegando que não foi feita solicitação formal à Prefeitura de Taboão da Serra.
“Foi um expediente burocrático vergonhoso e covarde”, critica José Afonso da Silva, do Sindicato dos Professores (APEOESP).
O impedimento de usar o som na energia pública não desestimulou os manifestantes. Entregaram panfletos e cartazes na região bancária da cidade, usando “nariz-de-palhaço”. O protesto arrancou aplausos dos populares que aguardavam nos pontos de ônibus, e outras pessoas que transitavam pelo local. A informação é do blog do Comitê de Luta Contra a Corrupção.
Foto: Reprodução
A revolta popular é devido ao prefeito beneficiar os donos dos ônibus com aumento da passagem acima da inflação, e não ter emitido nota oficial da Prefeitura antecipando a notícia aos usuários. Evilásio também não acertou com a viação de ônibus colocação de cartazes com aviso sobre o reajuste da tarifa de R$ 2,75 para R$ 3,00.
Passageiros dos ônibus-circulares em Taboão da Serra não têm direito a integração, nem período mínimo de utilização.
Outra manifestação contra o aumento acontecerá na tarde do sábado.
“APITAÇO” NO PIRAJUÇARA
Contra o aumento da tarifa dos ônibus circulares
Dia 7 de janeiro de 2012 (sábado) – Às 16 horas
Praça Luiz Gonzaga - Pirajuçara

6 comentários:

Tiago disse...

Para fazer pressão em cima de quem está reclamando seus direitos a guarda municipal chega rápido. Quero ver se chega rápido tbm qdo morador reclama de carro com som funk no último volume. Coronel falou que ia colocar ordem na bagunça ate agora não vi nada.

Anônimo disse...

é isso ai tiago concordo o coronel é maior baba ovo do prefeito, nos fins de semanas fica tomando cervejas nos botecos ele e os gcm come coxinha cade que faz alguma coisa com os fankeiros.... sao todos baba ovo do prefeito...nem do patrimonio tomam conta deixam roubar todos...os patrimonio

Anônimo disse...

DEUS OLHAI O MEU POVO NA PERIFERIA, TANTA DESEGUALDADE, PESSOAS PASSANDO FOME,NAO ACREDITO NA POLICIA EM POLITICOS, ELES SAO A MESMA COISA, NADA MUDA POR AQUI

Anônimo disse...

NA AVENIDA OLIVEIRA SALAZAR TEM FANK A NOITE TODA VOU GRAVAR E MANDAR PARA O DATENA OS GUARDA PASSAM E NAO FAZ NADA, ATE O EVILASIO JA PASSOU. SINTO VERGONHA DE VOÇÊ EVILASIO.

Anônimo disse...

Concordo. Nos bairros periféricos em cada esquina tem uma boca e ninguém tá nem aí. No clementino, após às 20 horas, somos assaltados, isto é rotina. Cadê a GCM? Só querem direitos mas trabalhar, nada.

Núcleo PSOL Taboão da Serra disse...

Campanha contra o aumento da passagem durante o jogo do CATS

Depois do ato no centro de Taboão da Serra na última sexta-feira e do apitaço na Praça Luiz Gonzaga neste sábado, o movimento de jovens que se organizam contra o aumento da passagem em Taboão estarão com faixa e cartazes no estádio municipal, nesta terça-feira, às 16:00, durante o jogo do CATS.
O objetivo é aproveitar o grande público que o jogo vem atraindo para divulgar o absurdo aumento da passagem de ônibus que passou de R$2,75 para R$3,00, se tornando a passagem mais cara do país.

José Afonso da Silva