domingo, 1 de março de 2015

Falece o jornalista André Roberg

Internado desde o início da tarde de hoje no Pronto Atendimento do município de Juquitiba, onde residia, faleceu na noite deste domingo o jornalista André Raeder Roberg, do veículo informativo regional Folha-BR, sediada naquela cidade.

Na primeira postagem informando sobre sua saúde, às 12h25 de hoje, domingo 1º de março, André Roberg, 46 anos, informava: 
“No PA [pronto-atendimento] com [pressão arterial] 20 x 12. Na sala de urgências com o melhor atendimento do mundo. Quanto orgulho e gratidão tenho da minha cidade”.

O estado de ânimo do jornalista continuava em alto astral quando ele, mesmo se auto criticando, elogiava o serviço médico:
A última postagem do repórter André Roberg no Facebook, às 13h10 deste domingo, 1º de março.

André era natural da cidade litorânea São Vicente (SP), onde nasceu em 6 de novembro de 1968. A razão social da sua empresa Editora Syllas Roberg, era uma homenagem ao seu pai, um roteirista de programas de televisão que marcou época no meio artístico paulista e brasileiro.

No sábado, 28 de fevereiro, o jornalista mostrava um disposição conciliatória na rede social: "Negócio de só criticar, meu isso já saturou, já cansou! Nós temos que ajudar."
A mensagem era acompanhada por um vídeo onde André Roberg pintava com cal branca as guias da Praça dos Emancipadores, na forma de um presente para a cidade de Juquitiba.

André Roberg é irmão do fotógrafo Wladimir Raeder, da secretaria de Comunicação de Taboão da Serra.

Um comentário:

w.raeder disse...

Obrigado, David!