sábado, 28 de março de 2009

Apaixonados pela rodovia?

Eu já escrevi que a “briga” do prefeito sub-júdice de Taboão da Serra com a empresa que administra a BR-116, é pra enganar trouxa. Quando um político está de crista baixa perante a opinião pública, arma um teatrinho pra comover a galera.
Como está no cargo graças a uma liminar judicial (espécie de liberdade condicional), o prefeito não tem força política para interpretar o personagem principal da sua própria pantomima. Daí entram em cena os vereadores a seu dispor.

Tenente Farias e seus recrutas

A assessoria de imprensa da Câmara Municipal deu um tom militaresco à notícia de uma reunião do engenheiro do Departamento Nacional de Transito (DNITT) com vereadores. Expressões como “fechar o cerco” e “ação efetiva”, típicas da linguagem de guerra, rechearam o release, como se os parlamentares fossem recrutas desta batalha sem comandante.
O jornalista chegou a escrever que “nenhum outro problema tira o sono dos taboanenses do que os congestionamentos” no Largo do Taboão. Se tira o sono, eu não sei. Só sei que não tirou a preguiça dos vereadores para comparecerem ao debate com o representante federal. Dos 13 homens da Casa, só quatro gatos pingados foram ao bate-papo com o técnico.

O que eles não dizem

A verdadeira bronca do atual grupo no poder em Taboão, é que a Prefeitura não pode mais aplicar multas na BR-116. Qualquer observador desatento há de se lembrar da legião de marronzinhos que ficavam espalhados entre o Largo do Taboão (em frente à Padaria Celeste) e a Praça Nicola Vivilechio. A maioria coçando o... cós da calça, mas com o talãozão de multas pronto a ser sacado.
Um ex-vereador criou a frase: “Visite Taboão da Serra, e leve uma multa de brinde”.
Dinheiro de multa de trânsito é verba fora do orçamento. A classe política gasta como quer. Daí a grande ânsia das autoridades taboanenses pelo “gerenciamento” do trânsito na BR-116.

Refrescando a memória

Evilásio e seus cambonos querem convencer a população que o trânsito ficou ruim de fevereiro para cá, quando a OHL passou a administrar a rodovia.
Graças a uma grande invenção da humanidade chamada arquivo, a plebe rude está a salvo das mentiras chapa-branca.
Vejamos o que escreveu (e fotografou) o jornalista Eduardo Toledo em 22 de agosto de 2008 – seis meses antes da OHL entrar em ação no município:
“Sexta-feira, 22 de agosto - O trânsito na Régis Bittencourt tirou a paciência dos motoristas que trafegavam no final da tarde em direção a São Paulo. Mesmo sem nenhum acidente registrado no horário, o trajeto do Pq. Pinheiros até o centro levava mais de 25 minutos.”
No mês seguinte – 3 de setembro de 2008, quando a Prefeitura ainda “dominava” a rodovia - a repórter Sandra Pereira 
constatou: “Quem enfrenta os congestionamentos diariamente critica a gestão do tráfego na cidade.”
Os motoristas entrevistados na época foram unânimes: a culpa do trânsito na área bancária de Taboão é a ruma de semáforos pra todo lado desde a entrada da cidade até a Avenida Dr. José Maciel. O comerciante Gilson Rocha, morador do Jd Saint-Moritz já naquele tempo gastava 30 a 40 minutos para chegar ao seu trabalho no Ferreira. O morador Luciano Neyer, do Jd das Margaridas, ironizou: “lotar a cidade de semáforos foi mais uma super obra do sr. Evilásio”.
Para quem não mora em Taboão da Serra, indico abaixo os semáforos colocados na zona bancária de Taboão da Serra a partir de 2004 (em vermelho). Os indicados em verde já existiam.Por isto, convido o prefeito e seus recrutas a ocuparem a mesinha do fundo do nosso boteco imaginário, enquanto eu lhes batuco na caixinha de fósforo um samba de Noel Rosa:

“Pra quê mentir
Se tu ainda não tens
Esse dom de saber iludir?”

4 comentários:

Prof. Franco disse...

Ehh taboão tá uma coisa de louco,
Na sexta feira passada, na entrada do bairro onde moro, tiveram 3 acidentes envolvendo motos....
E a quantidade de acidentes tem crescido bba região inteira consideravelmente nesses ultimos dias.
É uma pena q isso aconteça em consequência do progresso!

Ana Paula disse...

Porque voces, ou mesmo voce DAVI, não elabora um "abaixo-assinado" pedindo a DEMOLIÇÃO de todos os imóveis (Shopping, predinhos do Aprygio, concessionária da mercedes, niasi, praça, mc donalds, sorana, anhanguera, igreja santa terezinha etc) para que seja criada mais DUAS pistas da BR116??? Assim o transito fluria muuuuuuito melhor!!!

edinho disse...

aiii o prefeito tinham e que se preocupar com esses motoqueiros que ficam pra cima e pra baixo em alta velocidade,empinando e estourando...que na maioria das vezes e menor de idade ou maiores que nao tem carteira de habilitaçao e querem ficar se mostrando pra menininhas de plantao,ou seja aumentar o numero de guarda civis na rua ja que a policia militar nao e suficiente e tamben ai ja seria um problema do governo de sao paulo

albino andrade disse...

caro David eis um problema sério para ser resolvido por gente séria e competente, com estudos de engenharia e fluxo de trânsito,eliminando farois desnecessários e obviamente melhorando o transporte público para q as pessoas possam deixar seu carros em casa,sera uma utopia muito grande???????