terça-feira, 18 de novembro de 2014

Moradora de Taboão da Serra é top model na Europa e EUA

Daniela começou a desfilar com 18 anos. Foto: Instagram
Para quem fazia troco no caixa de uma farmácia três anos atrás, a modelo taboanense Daniela Braga deu passos bem largos. E a passada foi longa não apenas pelos seus 1,81m de altura. “Prefiro acreditar que eu estava com as medidas certas, na agência certa, na hora e local certos”, diz. 
No próximo dia 2 de dezembro Daniela vai estrear em Londres, no desfile anual da Victoria’s Secret, onde cintilam as tops mais desejadas do planeta.
Os pais de Daniela são de Minas Gerais, e viveram lá por muitos anos antes de virem morar em Taboão da Serra. O carinho da top model pela cidade é uma constante em todas as suas entrevistas. Primeira vez que a vi numa matéria da TV Band, ela logo frisou de onde vinha e a que veio: “Eu sou paulista mesmo, daqui de Taboão da Serra. Vocês conhecem?”. Foi esta a pergunta que me tirou do cochilo numa dessas altas madrugadas insones da vida. A moça disse que vive hoje em Nova York – e diz Yorrrrke num “érre” bem retorcido, à moda do sotaque herdado dos pais mineiros.

Conexão Taboão / Estados Unidos
Sempre que está de folga entre um desfile e outro, Daniela Braga faz questão de visitar os pais em Taboão da Serra, e reencontrar colegas do antigo emprego na farmácia.
A moça chamava a atenção no caixa da farmácia.
Foto: Divulgação
Por razão de tranqüilidade aos pais da garota, não vou revelar o bairro onde vivem. Mas o sucesso meteórico no mundo fashion não apagou a modelo do coração da sua gente. “Olha a Dani...”, disse uma amiga de infância da artista quando lhe mostrei a foto da ex-vizinha famosa.
No caixa da farmácia era impossível Daniela não ser notada. Seus mais de 1,80m de altura somados aos 62cm de cintura e 86cm de quadril, provavam matematicamente que aquela lindeza não nasceu para ganhar salário mínimo. Junto com as moedas dos trocos, choviam cartões de agências sobre a moça. O assédio surtiu efeito quando Daniela cruzava a fronteira prazerosa dos 18 anos. “Estava fazendo faculdade de Recursos Humanos, mas resolvi ligar para uma daquelas agências”, conta.
Seis meses depois já estava morando nos Estados Unidos. Hoje tem por trás de seus passos marcas famosas como Givenchy, Dior e Balmain. Mas como boa filha de mineiros, a estrela tem os pés no chão: “Nunca se sabe o que vai acontecer na vida de uma modelo. Tenho só 22 anos, e uma carreira inteira pela frente. Mas, se um dia tiver que voltar, eu volto a fazer meu curso de RH”.
Daniela estreia dia 2 de dezembro em Londres.
Foto: Felipe Abe
Quando não está na passarela, ou nas salas de espera de aeroportos, ou em quartos de hotéis, Daniela Braga se larga a dançar. “Parece engraçado, mas curto música sertaneja e hip hop. Parece não ter nada a ver uma com outra, mas é assim que gosto. Misturado”.

Quando não está balançando diante das caixas de som, ou lendo romances de Sidney Sheldon, a moça gosta de levar sustinhos. “Gosto muito de filmes de terror. Sou muito medrosa, mas adoro filmes de terror”.

Nenhum comentário: